Blog - WebStorm Internet

Novidades

YouTube leva recurso de transmissão em tempo real para apps mobile

5 de julho de 2016
Foto Bruno
por

Bruno Porto

Ainda sem data de lançamento oficial, recurso será disponibilizado nos aplicativos da plataforma para iPhone e Android.

O YouTube em breve abrirá os portões da transmissão em tempo real nos seus aplicativos móveis. O recurso será adicionado aos apps do serviço no iPhone e Android, colocando-o em concorrência direta com o Periscope, do Twitter, e com o Facebook Live.

O anúncio sobre a novidade feito no blog da empresa não menciona uma data específica de lançamento. No entanto, os detalhes mostram um serviço parecido com outras plataformas ao vivo, com a habilidade de permitir conversas em tempo real, tornar a transmissão pública, e notificar os assinantes.

A gigante de buscas também alega que teria uma superioridade inerente no segmento por conta da sua habilidade de hospedar a maioria dos vídeos online do mundo.

O recurso de transmissão em tempo real chegará primeiro para os criadores de conteúdo mais populares do YouTube antes de ser liberado para todos os usuários da plataforma.

 

Fonte IDGnow

 

Como utilizar o Snapchat a favor do seu negócio?

6 de junho de 2016
001
por

Bruno de Paula

Se você ainda não ouviu falar no Snapchat, vale a pena baixar o aplicativo e conferir se esse canal é interessante para o seu e-commerce. Para facilitar a sua análise, separamos alguns dados fornecidos pela própria empresa:

  • É o melhor canal para impactar um público entre 13 e 34 anos.
  • Aproximadamente 70% dos usuários são do sexo feminino.
  • Mais de 5 bilhões de vídeos são visualizados diariamente.
  • Mais de 100 milhões de usuários ativos diariamente.

Explicando de uma maneira simples, o Snapchat é um aplicativo em que as pessoas tiram fotos ou gravam vídeos de no máximo 10 segundos (também chamados de snaps) e enviam para o seus amigos e seguidores. Uma forma bem pessoal de dividir seus momentos. Esses snaps são temporários, podem ser vistos apenas uma vez quando mandados diretamente. Mas se colocados na linha do tempo, podem ser visualizados em 24 horas. Pode parecer bobo, mas este aplicativo gera interações incríveis entre os usuários e pode gerar também com a sua marca.

Legal, mas como? Vamos para algumas dicas:

1) Divulgue seu perfil utilizando o snapcode no site e em outras redes sociais: Com o snapcode, os seus clientes poderão scanear o código e adicionar a sua empresa nos contatos para acompanhar seus snaps.

2) Conheça seus clientes e crie um conteúdo relevante: Mostre as novidades, dicas e curiosidades da sua marca de forma divertida e engajadora. O objetivo é os clientes se identificarem com o seu conteúdo.

3) Ao vivo: Faça cobertura de eventos e lançamentos: Interaja com os seguidores utilizando o “real time” e leve-os para participar de um evento, um desfile, lançamento de uma coleção ou campanha. O importante é fazer com que o seguidor sinta que faz parte daquele momento da sua marca.

4) Depois de um conteúdo bacana e seguidores fiéis, podemos trabalhar com cupons de descontos e avisos promocionais para impulsionar as vendas do seu Ecommerce. Você pode alinhar isso às suas estratégias de vendas. Por exemplo, uma ação de cupom de 50% OFF que ficará disponível durante uma noite inteira para melhorar as conversões nesse horário.

Verifique quantas pessoas visualizaram seus snaps, quantos screenshots (pints) foram tirados e o quanto trouxe de engajamento e vendas para o seu negócio.

E aí? Gostou da ideia? O que acha de colocar em prática?

Pequenas empresas de e-commerce cresceram em 2015

3 de março de 2016
12105863_10204490678777088_8735767437795417685_n
por

Pesquisa realizada pelo Mercado Livre e Ibope Conecta com 529 empreendedores MPMEs (Micros, pequenas e médias empresas) de e-commerce, em janeiro de 2016, aponta que em 2015, 81% dos negócios registraram crescimento em vendas em um percentual maior do que o esperado. As expectativas para este ano se mantêm otimistas: 84% dos entrevistados acreditam que suas vendas crescerão a uma média de 31%. Entretanto, com a nova Lei do ICMS, 63% dos empreendedores se dizem receosos.

Os otimistas com o setor de comércio eletrônico apostam no aumento da percepção dos compradores em relação à segurança nas compras online. Outra aposta para este ano entre os empreendedores são as redes sociais. Praticamente metade dos vendedores que usam vários canais de vendas (48%) utiliza redes sociais para vender produtos; na pesquisa do ano passado, apenas 10% disseram aproveitar este canal. E não é para menos, são milhões de pessoas conectadas diariamente em busca de novidades.

 

 

Pequenas empresas se beneficiam com suspensão das novas regras do ICMS sobre e-commerce

18 de fevereiro de 2016
12105863_10204490678777088_8735767437795417685_n
por

e-shop keyboard key. Finger

As pequenas empresas comemoram a decisão do Supremo Tribunal Federal de suspender as novas regras de cobrança de ICMS sobre o comércio eletrônico. Concedida no fim da tarde da última quarta-feira (17), a liminar prevê que as micro e pequenas empresas que vendem para fora de seus Estados de origem voltem a pagar apenas o Simples Nacional nas transações.

 
Atualmente, 75% das empresas de e-commerce no Brasil são micro e pequenas. As novas regras de cobrança do ICMS estavam em vigor desde 1º de janeiro, definidas pelo Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz).

Página 5 de 13« Primeira...34567...10...Última »