Blog - WebStorm Internet

Novidades

Pequenas empresas de e-commerce cresceram em 2015

3 de março de 2016
12105863_10204490678777088_8735767437795417685_n
por

Pesquisa realizada pelo Mercado Livre e Ibope Conecta com 529 empreendedores MPMEs (Micros, pequenas e médias empresas) de e-commerce, em janeiro de 2016, aponta que em 2015, 81% dos negócios registraram crescimento em vendas em um percentual maior do que o esperado. As expectativas para este ano se mantêm otimistas: 84% dos entrevistados acreditam que suas vendas crescerão a uma média de 31%. Entretanto, com a nova Lei do ICMS, 63% dos empreendedores se dizem receosos.

Os otimistas com o setor de comércio eletrônico apostam no aumento da percepção dos compradores em relação à segurança nas compras online. Outra aposta para este ano entre os empreendedores são as redes sociais. Praticamente metade dos vendedores que usam vários canais de vendas (48%) utiliza redes sociais para vender produtos; na pesquisa do ano passado, apenas 10% disseram aproveitar este canal. E não é para menos, são milhões de pessoas conectadas diariamente em busca de novidades.

 

 

Pequenas empresas se beneficiam com suspensão das novas regras do ICMS sobre e-commerce

18 de fevereiro de 2016
12105863_10204490678777088_8735767437795417685_n
por

e-shop keyboard key. Finger

As pequenas empresas comemoram a decisão do Supremo Tribunal Federal de suspender as novas regras de cobrança de ICMS sobre o comércio eletrônico. Concedida no fim da tarde da última quarta-feira (17), a liminar prevê que as micro e pequenas empresas que vendem para fora de seus Estados de origem voltem a pagar apenas o Simples Nacional nas transações.

 
Atualmente, 75% das empresas de e-commerce no Brasil são micro e pequenas. As novas regras de cobrança do ICMS estavam em vigor desde 1º de janeiro, definidas pelo Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz).

Veja o que mudou com o tributo do ICMS no E-commerce

19 de janeiro de 2016
12105863_10204490678777088_8735767437795417685_n
por

ecommerce-china1

O plenário do Senado aprovou na última quarta-feira (15) a proposta de emenda à Constituição (PEC) do comércio eletrônico. A medida torna obrigatória a aplicação do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) nas operações de venda de produtos pela internet, por telefone ou em comércio não-presencial, a partir do mês de janeiro de 2016.

 
Até então, todo o recolhimento do ICMS do comércio eletrônico ficava com os Estados de origem das lojas que operavam venda. Pelo texto aprovado na Câmara, o imposto correspondente à diferença entre a alíquota interna e a interestadual será partilhado entre os Estados de origem e de destino, na seguinte proporção:

 
2016 40% Destino 60% Origem
2017 60% Destino 40% Origem
2018 80% Destino 20% Origem
A partir de 2019 100% recolhido ao estado de Destino.

 
Vale lembrar que nas vendas para contribuinte do ICMS este será o responsável em recolher a diferença entre as alíquotas do estado de origem e destinatário para o fisco local (Estado onde estiver estabelecido) sem partilhar o recolhimento, ou seja, 100% para o estado de destino.

 

Confira alguns exemplos no site E-commerce Brasil.

Seu e-commerce está preparado para faturar neste natal?

14 de dezembro de 2015
12105863_10204490678777088_8735767437795417685_n
por

20121129-020_4619125a

Cliente que fica satisfeito com as compras de natal é cliente garantido para o próximo ano. Isso sem contar que por meio dele, outros virão. Por isso, além de atrair o público para o seu e-commerce, é importante garantir três coisas:

1 –  Destacar-se entre a multidão

O primeiro passo é atrair pessoas para o seu site. Priorize as ferramentas digitais utilizadas pelo seu público. Não adianta divulgar no Snapchat algo que interessa a sua mãe. Seja direto e descontraído. Anuncie no Google, no Facebook, no Instagram… O importante é vender seu peixe!

 

2 – Um bom atendimento

Trate seu cliente como gostaria de ser tratado: com respeito. Certifique-se de que os produtos do site estão disponíveis no estoque, e nas cores e tamanhos prometidos. Mantenha um SAC rápido e eficiente e ofereça mais de uma forma de entrega e pagamento. Às vezes, o cliente não se importa de pagar mais caro para ter o seu produto mais rápido em casa.

 

3 – Contato garantido

Cadastre o e-mail dos seus clientes em seu mailing e envie promoções especiais. Garanta um pós-venda com a mesma qualidade da venda, seu cliente gosta de se sentir importante. Fique atento a possíveis reclamações de troca, e contorne a situação o mais rápido possível, sendo gentil e atencioso.

Página 6 de 14« Primeira...45678...Última »