Blog - WebStorm Internet

Novidades

Veja o que mudou com o tributo do ICMS no E-commerce

19 de janeiro de 2016
12105863_10204490678777088_8735767437795417685_n
por

ecommerce-china1

O plenário do Senado aprovou na última quarta-feira (15) a proposta de emenda à Constituição (PEC) do comércio eletrônico. A medida torna obrigatória a aplicação do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) nas operações de venda de produtos pela internet, por telefone ou em comércio não-presencial, a partir do mês de janeiro de 2016.

 
Até então, todo o recolhimento do ICMS do comércio eletrônico ficava com os Estados de origem das lojas que operavam venda. Pelo texto aprovado na Câmara, o imposto correspondente à diferença entre a alíquota interna e a interestadual será partilhado entre os Estados de origem e de destino, na seguinte proporção:

 
2016 40% Destino 60% Origem
2017 60% Destino 40% Origem
2018 80% Destino 20% Origem
A partir de 2019 100% recolhido ao estado de Destino.

 
Vale lembrar que nas vendas para contribuinte do ICMS este será o responsável em recolher a diferença entre as alíquotas do estado de origem e destinatário para o fisco local (Estado onde estiver estabelecido) sem partilhar o recolhimento, ou seja, 100% para o estado de destino.

 

Confira alguns exemplos no site E-commerce Brasil.

Seu e-commerce está preparado para faturar neste natal?

14 de dezembro de 2015
12105863_10204490678777088_8735767437795417685_n
por

20121129-020_4619125a

Cliente que fica satisfeito com as compras de natal é cliente garantido para o próximo ano. Isso sem contar que por meio dele, outros virão. Por isso, além de atrair o público para o seu e-commerce, é importante garantir três coisas:

1 –  Destacar-se entre a multidão

O primeiro passo é atrair pessoas para o seu site. Priorize as ferramentas digitais utilizadas pelo seu público. Não adianta divulgar no Snapchat algo que interessa a sua mãe. Seja direto e descontraído. Anuncie no Google, no Facebook, no Instagram… O importante é vender seu peixe!

 

2 – Um bom atendimento

Trate seu cliente como gostaria de ser tratado: com respeito. Certifique-se de que os produtos do site estão disponíveis no estoque, e nas cores e tamanhos prometidos. Mantenha um SAC rápido e eficiente e ofereça mais de uma forma de entrega e pagamento. Às vezes, o cliente não se importa de pagar mais caro para ter o seu produto mais rápido em casa.

 

3 – Contato garantido

Cadastre o e-mail dos seus clientes em seu mailing e envie promoções especiais. Garanta um pós-venda com a mesma qualidade da venda, seu cliente gosta de se sentir importante. Fique atento a possíveis reclamações de troca, e contorne a situação o mais rápido possível, sendo gentil e atencioso.

Black Friday deve movimentar mais de R$ 1,5 bilhão em vendas

19 de novembro de 2015
12105863_10204490678777088_8735767437795417685_n
por

black-friday

Vem aí, no dia 27 de novembro, a sexta-feira mais lucrativa para varejistas e consumidores – a Black Friday. E, se em 2014 a data movimentou R$ 1,16 bilhão, o que representou 3% das vendas anuais do e-commerce nacional, em 2015, apesar da grave crise econômica, a expectativa é que esse número deve aumentar e gerar entre R$ 1,5 e R$ 1,9 bilhão em vendas.

A equipe de varejo do Google Brasil preparou uma pesquisa que traz alguns dados sobre as tendências e as expectativas dos consumidores. Entre os produtos que estão na wishlist dos entrevistados estão smartphones, eletrodomésticos e roupas. Claudia Sciama, diretora de negócios para o Varejo do Google Brasil, acredita que os consumidores poderão esperar muitas promoções e preços atraentes.

Confira os números da pesquisa:

1. 82% dos brasileiros que compraram na Black Friday 2014 pretendem voltar a gastar na data em 2015.

2. As categorias mais compradas em 2014 e com maior intenção de compra em 2015 são:
- Celular ou smartphone – 27% (2014) – 29% (2015)
- Roupas, Calçados e Acessórios – 18% (2014) – 25% (2015)
- Notebook, Computador ou Tablet – 16% (2014) – 24% (2015)
- Eletrodomésticos – 17% (2014) – 24% (2015)
- TVs – 12% (2014) – 17% (2015)
- Itens de beleza – 6% (2014) – 11% (2015)

3. 63% dos entrevistados pretendem gastar mais de R$ 200.

4. O e-commerce é o destino de compras preferido de 51% dos entrevistados. Já 18% querem comprar em lojas físicas e 31% em ambos os tipos de loja.

5. 50% dos entrevistados pretendem pesquisar em sites por ofertas para os produtos que desejam comprar.

6. 1 em cada 3 consumidores que não compraram na Black Friday 2014 querem comprar este ano.

Fonte: Revista Exame.

Black Friday deve contar com a participação de 28% de novos consumidores

13 de novembro de 2015
12105863_10204490678777088_8735767437795417685_n
por

blog-maxisite-1024x504

Conforme pesquisa realizada pela consultoria Conversion, a Black Friday, que acontece no dia 27 de novembro, deve contar com a participação de 28% de consumidores que nunca participaram do evento. A maioria será composta por integrantes da classe C – 88% dos 200 internautas entrevistados.

A pesquisa mostra que a vontade dos consumidores de comprar é alta, com 55% dos entrevistados que compraram no ano passado pretendendo comprar novamente esse ano. O maior gasto por consumidor deve vir da região Sul, que apresenta 33% de intenção de gastar o teto do ticket médio. A maioria dos consumidores (55%) será de mulheres, e 20% delas afirmam que pretendem gastar mais de R$ 800 na Black Friday.

Outro dado demonstra que cerca de 40% dos consumidores já sabem onde vão comprar: 43% das mulheres vão usar dispositivos de busca para encontrar a loja e o produto, enquanto 27% dos homens pretendem usar ferramentas específicas de comparação de preço.

Agora que você já conhece o público que está disposto a comprar, qual será sua estratégia? Em nosso último post, demos algumas dicas. É só clicar e conferir!

Página 6 de 13« Primeira...45678...Última »