Blog - WebStorm Internet

Novidades

Para um site ser atraente ele precisa ir além de suas funcionalidades

30 de abril de 2014
avatar
por

Em um mercado cada vez mais competitivo é preciso se destacar. Mas como? O design e a usabilidade são duas características de fundamental importância para promover uma experiência de usuário agradável. Elas são responsáveis pela primeira impressão, o que vai definir o grau de empatia do usuário pelo seu site.

É provável que você já tenha ouvido falar da hierarquia de necessidades de Maslow: uma teoria de 1943 proposta pelo psicólogo norte americano Abraham Maslow, que descreve os padrões da motivação humana. Apesar de Maslow não ter “desenhado” sua teoria, ela é quase sempre representada por uma pirâmide:

Representação da hierarquia das necessidades humanas proposta por Maslow.

Representação da hierarquia das necessidades humanas proposta por Maslow.

A premissa da teoria de Maslow sugere que o nível mais básico de necessidades (a base da pirâmide) deve ser atendido antes do indivíduo querer desejar as necessidades próximas ou de nível superior.

Análogo à pirâmide de Maslow, o design também tem uma hierarquia de necessidades. Veja a releitura da pirâmide de Maslow para o design:

Releitura da pirâmide de Maslow para o design.

Releitura da pirâmide de Maslow para o design.

Vamos analisar como as cinco categorias desta pirâmide se encaixam no web design:

Funcionalidade: a necessidade mais fundamental dos usuários é que o site funcione – que a aparência seja boa e a proposta bem sucedida.

Confiança: funcionar apenas uma vez não é suficiente. O site precisa passar credibilidade o tempo todo para que os usuários se sintam seguros no que estão fazendo.

Usabilidade: esta é uma etapa muitas vezes negligenciada. Os usuários têm de ser (e se sentir) capazes de realizar as funções do site, a navegação DEVE ser intuitiva.

Agradabilidade: a qualidade que muitos ignoram e que no entanto é a cereja no topo do bolo. Ninguém quer se envolver com um design que não seja interessante, divertido, instigante, emocionante, bem-humorado, inteligente.

Um design precisa ter carisma, é o que vai torná-lo atraente. O design com carisma é um meio que temos para causar empatia e se conectar com as pessoas. Se conseguirmos transmitir emoção em nossas interfaces, colheremos grandes benefícios.

Aos poucos as empresas estão se dando conta da real importância do design para o seu posicionamento no mercado. Por exemplo, investir em publicidade é de grande valia, claro, mas o que vai fidelizar o cliente é a experiência que ele vai ter ao interagir com o site. Um design mal elaborado ou uma navegação confusa pode causar frustração e abandono de um provável futuro cliente, fazendo com que o investimento em publicidade seja perdido.

Funcionalidade, usabilidade, publicidade… tudo é fundamental, não vimos nada de inovador até aqui. Mas se você tem uma empresa e deseja ganhar mercado, se destacar e vender, você vai começar a se preocupar mais em atingir o topo da pirâmide. Quem não gostaria de garantir que seu negócio pareça atraente e impecável?

A realidade é que atualmente os objetos e serviços precisam ir além de suas funções, a sociedade está em constante evolução e o design tende a evoluir junto com ela. Esta evolução resulta em uma eterna busca pelo “algo a mais”, o que reflete em novas demandas de mercado.

Fórum de Marketing Digital – Etapa Florianópolis

4 de abril de 2014
Untitled-1
por

A Webstorm estará presente em mais uma etapa do Fórum de Marketing Digital, em Florianópolis no dia 08 de abril. Convidamos a todos a acompanhar a palestra sobre Alinhamento de Objetivos e Recursos em Comércio Eletrônico que será ministrada por João Paulo Balthazar, Consultor de comércio eletrônico e marketing digital da Webstorm.

Idealizado pela Digitalks, o evento é considerado o maior do setor na América Latina e irá passar por 14 capitais em 2014, reunindo profissionais do mercado e promovendo debates sobre temas da área de marketing digital. A Webstorm é mantenedora do projeto.

 

 

WebStorm patrocina Digitalks

30 de janeiro de 2014
por

Agora a WebStorm patrocina o Digitalks, um dos maiores eventos de Marketing Digital e E-commerce do Brasil.

Digitalks mantém atividades em prol do desenvolvimento e crescimento do mercado digital.

Fiquei por dentro de todos os eventos!

Facebook – Como lidar com as mudanças que reduzem o alcance orgânico.

20 de janeiro de 2014
o-matic
por

Nas últimas semanas, temos acompanhado muitos profissionais da área de social media reclamarem da queda no alcance orgânico das fanpages.
Explicando o alcance orgânico: é o número de pessoas que viram sua publicação no feed de notícias ou na sua página, incluindo as que viram a partir de uma história compartilhada por amigos. Esse alcance não é fruto de nenhum esforço de mídia, como histórias ou posts patrocinados.

Com o rápido crescimento da rede social, as empresas perceberam que o Facebook é um dos melhores canais para trazer resultado em curto prazo. O excelente engajamento com o público, a força da marca e a rápida popularização das companhias por meio da rede social fez com que o próprio Facebook revisse as formas de beneficiar as empresas por meio da ferramenta. Agora a competição por espaço ficou ainda mais acirrada, e com algumas regras que tornam o trabalho de mídia social cada vez mais dependente de uma mão de obra profissional.
O Facebook, por meio do seu algoritmo, reduziu para 300 o número de postagens diárias que aparecem no seu feed de notícias. Essas 300 publicações são aquelas que possuem maior destaque na timeline. A rede social afirma que a produção de conteúdo cresce mais rápido do que a capacidade do usuário de consumir toda essa informação.
Com isso, o objetivo é dar mais espaço ao conteúdo que as pessoas criam e fazer com que empresas invistam mais em anúncios pagos. Como consequência da queda no alcance, o número de usuários engajados também caiu. Se quiserem que suas histórias sejam visualizadas, as empresas precisarão investir em anúncios na rede social (além de criar conteúdo de qualidade, é claro).
facebookbotaocurtirafp
Algumas pessoas afirmam que uma das principais ações para aumentar o Edge Rank (ranqueamento que indica o que vai aparecer no feed de notícias ou não) é o clique nas fotos. Quando alguém clica na sua foto para ampliar, é porque está interessado no conteúdo. Se é verdade ou não, somente o Facebook pode afirmar.
Para ter mais engajamento e uma página com mais destaque, deixo aqui duas dicas publicadas pelo The Next Web e Blue Bues: Aposte em imagens. Publique fotos, produza conteúdo visual. Posts com imagens tem 39% mais interação. E a segunda dica é sobre o tamanho dos posts. Seja direto, objetivo e prático. Rede social não é ambiente para formar leitores assíduos. Aposte em frases de impacto ou textos breves. Posts curtos tem interação 23% maior. Deixe o conteúdo mais denso para a área interna do seu site ou até mesmo para o seu blog.

Página 10 de 15« Primeira...89101112...Última »